Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/06/19 às 17h37 - Atualizado em 25/06/19 às 17h39

Semana de Enfrentamento às Drogas tem palestra em templo religioso e visita a museu

COMPARTILHAR

 

O Dia Nacional de Combate e Enfrentamento às Drogas é comemorado neste 26 de junho. Para marcar a data, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF) vem desenvolvendo uma série de iniciativas nesta semana. Como parte da programação, na segunda-feira (24), a Subsecretaria de Enfrentamento às Drogas (Subed) realizou a palestra “Capacitação das Lideranças Religiosas” na Igreja Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra. A ação contou com a presença de representantes da coordenação de Assuntos Religiosos da Governadoria do DF e da Federação Amor Exigente. O Subsecretário Rodrigo Barbosa ministrou a palestra.

 

Também na segunda-feira (24), as diretorias de Tratamento e Acompanhamento de Entidades e de Convênios e Instrumentos Congêneres da Sejus, realizaram ação de prevenção em Comunidades Terapêuticas parceiras da secretaria. A ação deu-se no sentido de orientar e sanar eventuais incongruências com relação à execução da parceria.

 

Museu

 

A Secretaria de Cultura também participa da Semana de Combate e Prevenção às Drogas da Sejus, por meio de parceria com o Museu Vivo da Memória Candanga. Nesta terça-feira (25), o museu recebeu a visita de dependentes químicos em recuperação, acolhidos na Comunidade Terapêutica Caverna de Adulão, mantida pela Sejus/DF.

 

“Os visitantes participaram de uma oficina de fotografia e conheceram a história de Brasília. A ideia é contribuir com a fase de tratamento, cuidados e recuperação por meio da promoção de saúde mental. Entendemos que investir no conhecimento e na cultura pode promover o sentimento de pertencimento, protagonismo cidadão e inclusão social”, disse o Subsecretário da Subed, Rodrigo Barbosa.

 

Programa

 

Já na quinta-feira (27) acontece o lançamento do Programa Drogas: Prevenção e Ação, em parceria com a Secretaria de Educação, que visa prevenir o uso indevido de drogas em espaços educacionais e sociais do Distrito Federal.

 

Trata-se de uma proposta interventiva que busca a qualidade nos caminhos de prevenção às drogas dentro da escola e na comunidade, para a construção de uma cultura de paz que ressoe em toda a sociedade e em seus diversos espaços. A proposta da Sejus está aliada ao Programa Educação para a Paz da Secretaria de Estado de Educação do DF, que visa prevenir violências no contexto escolar e construir uma cultura de paz social.

 

No dia 27, quando será lançado o programa, acontece o I Seminário de Enfrentamento às Drogas nas Escolas a realizar-se durante todo o dia no CEM 2 de Ceilândia.